Por que investir

em ouro?

Esse metal raro é respeitado por diversas economias ao redor do mundo e uma das formas mais tradicionais e antigas de aplicação. Além de ser aceito e reconhecido em todos os lugares, consegue preservar o poder de compra, o que significa que sempre terá algum valor como segurança contra tempos difíceis.

Pensa em proteger o seu patrimônio contra as crises e as oscilações da renda variável? Esse tipo de investimento pode interessar a você.

O ouro é um dos ativos mais antigos e sempre foi considerado a moeda mais segura do mundo, por isso, esse investimento tem sido uma forma de garantir a estabilidade com segurança. Apesar do dólar ser considerado uma das moedas mais importantes e seguras da atualidade, se o seu valor cai, tende a gerar um movimento de corrida para a segurança do ouro, que fica ainda mais valorizado.

 

Um portfólio diversificado

O ouro tem um grande potencial de diversificação quando inserido em uma carteira de investimentos. Ele cumpre um papel importante em portfólios com diversos objetivos, já que tem uma correlação negativa com o mercado de ações e com o desempenho de outros instrumentos financeiros.

Combinar o ouro com posições no mercado de ações e de renda fixa é interessante para reduzir a volatilidade e o risco de mercado da carteira.

 

Tipos de investimento em ouro

Agora você vai conhecer quais são os principais tipos de investimento em ouro.

  • Diretamente na Bolsa de Valores: é possível investir diretamente em ouro, negociando esse ativo como se ele fosse uma ação de uma empresa ou a cota de um fundo imobiliário.
  • Trend Ouro FIM: são opções mais práticas e acessíveis. Esse tipo de investimento permite a aplicação do dinheiro em ouro sem precisar se preocupar com pormenores, como custódias e tarifas.
  • Barras de ouro físicas: nessa opção é necessário buscar uma instituição financeira que comercialize o produto, comprovar renda e preencher um cadastro.

 

Vantagens

  • Estabilidade
  • Preço sobe em meio às crises
  • Funciona como reserva de valor
  • Oferece proteção contra oscilações do mercado
  • Rentabilidade a longo prazo

 

Desvantagens

  • Preço cai quando o mercado está otimista com ativos geradores de renda
  • Momentos de baixa liquidez
  • Custeio de manutenção com segurança

 

Conclusão

A aplicação no ouro tende a ser mais indicada para objetivos de longo prazo, levando em conta que ele significa maior proteção e diversificação do patrimônio, ou seja, sua função é garantir uma proteção ao investimento, atenuando as possíveis quedas do mercado.

Ainda não fez uma análise dos seus objetivos e necessidades para saber se esse tipo de investimento é adequado para você? Esse é o momento!

8 Comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *